1374-12 - Incenso Ananda Ashtar Caixa 9v. (12 Caixas)
1374-12 - Incenso Ananda Ashtar Caixa 9v. (12 Caixas)

 Incenso Ananda Ashtar 

Contém: 12 unidades de 9 varetas cada caixa

Tempo de queima: Média 45 minutos

 

Contém: cânfora, carvão, alfazema, alecrim, olíbano, arruda, sal marinho, pinho, mirra e benjoim.

Como usá-lo: fixe-o verticalmente, acenda-o em sua parte superior e apague-o assim que se forme brasa.

Por segurança, atenção com produtos inflamáveis.

 

Primeiramente é necessário que entendamos que certos vegetais aqui empregados são acumuladores, núcleos energéticos, que durante o seu crescimento absorvem energias astromagnéticas (etéreo-físicas) tão vigorosas como as que compõem a aura humana. Tecnicamente: Quando utilizamos ervas odorantes ritualísticamente obedecendo a determinada disciplina mental ou concentração, atraímos a cooperação de Egrégoras afins. Ocorre no processo de queima de incenso, que todo o potencial energético das substâncias que o compõem são liberados, passando a repercutir simultaneamente nos planos físico, astral e etérico; agindo na emotividade, sensibilizando e elevando a vibração psíquica do ser, despertando o seu potencial inconsciente. A queima de ervas tem efeito estimulante para o espírito, produz uma condição receptiva e inspirativa, torna o ambiente agradável estabelecendo um contato com o plano sutil. Excelente prática para elevar o nível mental e harmonizar o indivíduo consigo mesmo. Recurso benéfico que modifica o teor energético e bio-magnético do ambiente fluídico, purificando-o. Este efeito se comprova pela desintegração de centros de convergência mórbidos, originários do pensamento e sentimento humano, desagregando miasmas, bacilos, vibriões e microorganismos psíquicos estagnados com ambientes enfermiços. 

 

 

84.5000

1374-12 - Incenso Ananda Ashtar Caixa 9v. (12 Caixas)

R$ 84,50
Qtd:  
Disponibilidade: Em Estoque

Coloque o destino para simular o frete.

CEP:

 Incenso Ananda Ashtar 

Contém: 12 unidades de 9 varetas cada caixa

Tempo de queima: Média 45 minutos

 

Contém: cânfora, carvão, alfazema, alecrim, olíbano, arruda, sal marinho, pinho, mirra e benjoim.

Como usá-lo: fixe-o verticalmente, acenda-o em sua parte superior e apague-o assim que se forme brasa.

Por segurança, atenção com produtos inflamáveis.

 

Primeiramente é necessário que entendamos que certos vegetais aqui empregados são acumuladores, núcleos energéticos, que durante o seu crescimento absorvem energias astromagnéticas (etéreo-físicas) tão vigorosas como as que compõem a aura humana. Tecnicamente: Quando utilizamos ervas odorantes ritualísticamente obedecendo a determinada disciplina mental ou concentração, atraímos a cooperação de Egrégoras afins. Ocorre no processo de queima de incenso, que todo o potencial energético das substâncias que o compõem são liberados, passando a repercutir simultaneamente nos planos físico, astral e etérico; agindo na emotividade, sensibilizando e elevando a vibração psíquica do ser, despertando o seu potencial inconsciente. A queima de ervas tem efeito estimulante para o espírito, produz uma condição receptiva e inspirativa, torna o ambiente agradável estabelecendo um contato com o plano sutil. Excelente prática para elevar o nível mental e harmonizar o indivíduo consigo mesmo. Recurso benéfico que modifica o teor energético e bio-magnético do ambiente fluídico, purificando-o. Este efeito se comprova pela desintegração de centros de convergência mórbidos, originários do pensamento e sentimento humano, desagregando miasmas, bacilos, vibriões e microorganismos psíquicos estagnados com ambientes enfermiços. 

 

 

Fazer um comentário

Seu Nome:


E-mail


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem: